Notícias | Portugueses | USCC

USCC / Laguna Seca: Rescaldo

Westbrook e Valiante vencem em Laguna Seca e ‘roubam’ liderança do Campeonato a João Barbosa

por Andrew Remedios, 12 de Maio de 2015 Sem Comentários

© IMSA

A digressão californiana dos United Sportscar Championship concluiu com a prova de Laguna Seca em Monterey no passado fim-de-semana onde a equipa VisitFlorida.com Racing e a dupla Richard Westbrook / Michael Valiante regressaram às vitórias e assumiram a liderança no campeonato com o 4º lugar de João Barbosa e Christian Fittipaldi. Em GTLM, BMW Team RLL dominou uma corrida com apenas duas neutralizações nos primeiros 40 minutos da prova — eis o rescaldo da prova do fim-de-semana de 3 de Maio.

Protótipos: Westbrook e Valiante vencem com Barbosa/Fittipaldi a ceder no campeonato

Richard Westbrook e Michael Valiante regressaram às vitórias numa corrida bastante disputada entre o Corvette DP #90 da VisitFlorida.com Racing e os irmãos Taylor no Corvette #10 da Wayne Taylor Racing. Para além de ser a primeira vitória da equipa este ano, é também a primeira desde Watkins Glen em Junho do ano passado. Valiante arrancou em 3º atrás de Jordan Taylor e Scott Pruett no Riley Ford EcoBoost #01 da Chip Ganassi Racing mas o canadiano saiu forte e aproveitou a primeira curva para se meter por dentro dos dois DP a sua frente. Pruett foi o menos afortunado, ficando na parte de fora da curva e acabou por caiu para 4º atrás de Christian Fittipaldi no Corvette DP #5 da Action Express Racing.

Jordan Taylor acabou por recuperar a liderança um pouco mais tarde em tráfico e só quando o Corvette DP #10 foi para as boxes pela última vez, já com Ricky Taylor ao volante, é que o cenário se mudou. A formação de Wayne Taylor decidiu fazer o seu último ‘splash-and-dash’ a 37 minutos do fim quando os líderes se aproximavam de um grupo de carros a dobrar. Richard Westbrook manteve-se em pista no Corvette DP #90 e impôs um ritmo forte ao ponto de quando fez a sua última paragem algumas voltas mais tarde, aproveitando ainda o facto de ser um abastecimento mais rápido, saiu ainda na frente da corrida, com alguns segundos de vantagem sobre Ricky Taylor. Durante a última meia hora de prova Ricky Taylor tentou cortar a vantagem, chegando a estar a menos de um segundo do britânico. No entanto, o tráfico e a condução de Westbrook permitiram ao britânico levar o Corvette DP #90 à vitória com apenas 1,3 segundos de vantagem sobre o Corvette DP #10 de Ricky Taylor.

Michael Shank Racing e o Ligier JS P2 Honda #60 terminaram em 3º numa prova que poderia ter sido muito diferente. Ozzi Negri foi o mais rápido durante os treinos livres e John Pew colocou o Ligier na sua melhor posição de qualificação até agora (4º) mas em corrida um azar deitou tudo abaixo. Pouco antes da 2ª e última neutralização a 40 minutos da prova, quando Negri e Dane Cameron no Corvette DP #31 da Action Express Racing lutavam por uma posição no arranque da 1ª neutralização, Negri levou um toque de Cameron, atirando o Ligier para fora de pista e danificando o chassis Ligier. O equilíbrio aerodinâmico e desempenho do carro ficaram afectados e, embora Negri acabou por fazer a volta mais rápida da corrida, o brasileiro não conseguiu manter a consistência necessária para se reaproximar dos líderes.

Para João Barbosa e Christian Fittipaldi foi um fim-de-semana, e passagem por Califórnia, muito duro. Nunca estiveram ao nível dos líderes, acabando 1 minuto e 14 segundos da frente no final embora em 4º lugar, uma posição que não lhes permitiram segurar a liderança no campeonato. Westbrook e Valiante passaram para a frente com 129, mais 4 que a dupla luso-brasileira. Em terceiro estão agora os irmãos Taylor a 11 pontos dos líderes.

Foi um fim de semana difícil!“ afirmou João Barbosa em Exclusivo ao Le Mans Portugal. ”Não tanto pelo resultado pois à primeira vista um 4º lugar pode não se considerado mau, o problema é que estivemos longe de estar competitivos durante todo o fim de semana, muito longe do andamento dos prolíferos classificados e isso sim é que nos deixou insatisfeitos!Já nos anos anteriores Laguna Seca não nos correu bem e sempre nos deparamos com alguns problemas em adaptar o nosso Corvette a esta pista. Agora é tempo de olhar em frente, passamos para 2º lugar no campeonato mas tudo está em aberto. As corridas que se seguem serão muito importantes e no ano passado fomos fortes na 2ª metade do campeonato.” O campeonato está muito competitivo, com 4 equipas com reais possibilidades de ganhar, vai ser muito importante ser regular e competitivo em todas as provas!

Por seu lado o Riley #01 da Chip Ganassi Racing também ficou aquém das expectativas. Depois de terem caído para 4º lugar para além de Pruett não ter conseguido ameaçar Fittipaldi, começou a perder terreno e acabou por perder muito tempo nos boxes com um problema na transmissão. Acabaram a corrida em 7º lugar da categoria mas a 9 voltas.

GTLM: BMW aproveita ajuste de desempenho para dobrar em Califórnia

Antes de Long Beach, o peso do BMW Z4 GTE foi reduzido em 10 kg e para Laguna Seca o ajuste de desempenho ainda reduziu a largura da placa do difusor dianteiro. A equipa de Bobby Rahal aproveitou para levar para casa duas vitórias incluindo um doblete dominador em Laguna Seca. Dirk Werner partiu da Pole no BMW #25 com Lucas Luhr logo ao lado no BMW #24. Os dois alemães lideraram logo de início com Luhr a ultrapassar Werner ao fim de 20 minutos. Luhr e, depois, John Edwards, só cederam a liderança durante as paragens nas boxes. Numa corrida com poucas neutralizações e também bastante atípica para esta categoria, o BMW #24 terminou a corrida com uma vantagem acima dos 20 segundos sobre os colegas de equipa no BMW #25 e mais de 30 segundos sobre o terceiro classificado Porsche 911 RSR #911 da Porsche North America. Werner tinha caído para 4º depois das primeiras paragens mas ao fim de meia hora tinha recuperado o 2º lugar a frente de Patrick Pilet no Porsche #911 e Giancarlo Fisichella no Ferrari 458 Italia #62.

A Porsche North America veio a Laguna Seca com uma formação renovada devido à colisão da corrida com a prova do Mundial de Resistência em Spa. Michael Christensen correu no dois Porsche 911 arrancando no #912 sendo rendido aos 36 minutos por Jörg Bergmeister. Pouco mais de 1 hora depois rendeu Patrick Pilet no #911 e fez a última hora da corrida nesse Porsche levando-o ao 3º lugar final, enquanto que Bergmeister cruzou a meta em 5º.

Para a Corvette Racing foi uma corrida complicada com os dois Corvette C7.R a terminarem em 6º e 7º apenas a frente do Porsche 911 RSR #17 da Falken Tire. O Corvette #3 dos líderes do campeonato António Garcia e Jan Magnussen arrancou do fim da grelha, atrás dos GTD, depois de a equipa ter trocado de motor e de pneus antes da corrida. O espanhol fez um trabalho fantástico nos primeiros minutos da prova ultrapassando todos os GTD em poucas voltas e colocando-se a menos de 3 segundos do pelotão. No entanto um toque do Corvette DP #90 da VisitFlorida.com Racing danificou a parte de frente do Corvette ao ponto de tornar o resto da corrida para o espanhol e dinamarquês bastante difícil. Mantiveram-se na liderança do campeonato com 128 pontos mas o segundo lugar de Bill Auberlen e Werner permitiram à dupla do BMW #25 encurtar a diferença para apenas 2 pontos.

USCC / Laguna seca: Corrida

P.ºN.Cl.EquipaChassis / MotorVLTDif.P.º Cl.
1.º90PVisitFlorida.com RacingCorvette DP112(2h40:46.127s)[ 1.º ]
2.º10PWayne Taylor Racing Corvette DP112+1.351s[ 2.º ]
3.º60PMichael Shank RacingLigier JS PS2112+29.655s[ 3.º ]
4.º5PAction Express Racing [ Barbosa ]Corvette DP112+1:14.104s[ 4.º ]
5.º31PAction Express RacingCorvette DP112+1:14.752s[ 5.º ]
6.º11PCRSR RacingORECA FLM09110-2 voltas[ 1.º ]
7.º70PSpeedSourceMazda110-2 voltas[ 6.º ]
8.º54PCCORE autosportORECA FLM09110-2 voltas[ 2.º ]
9.º24GTLMBMW Team RLLBMW Z4 GTE108-4 voltas[ 1.º ]
10.º38PCPerformance Tech MotorsportsORECA FLM09108-4 voltas[ 3.º ]
11.º25GTLMBMW Team RLLBMW Z4 GTE108-4 voltas[ 2.º ]
12.º911GTLMPorsche North AmericaPorsche 911 RSR108-4 voltas[ 3.º ]
13.º62GTLMRisi CompetizioneFerrari F458 Italia108-4 voltas[ 4.º ]
14.º912GTLMPorsche North AmericaPorsche 911 RSR108-4 voltas[ 5.º ]
15.º4GTLMCorvette RacingChevrolet Corvette C7.R108-4 voltas[ 6.º ]
16.º85PCJDC/Miller MotorsportsORECA FLM09108-4 voltas[ 4.º ]
17.º3GTLMCorvette RacingChevrolet Corvette C7.R108-4 voltas[ 7.º ]
18.º17GTLMTeam Falken TirePorsche 911 RSR108-4 voltas[ 8.º ]
19.º16PCBAR1 MotorsportsORECA FLM09106-6 voltas[ 5.º ]
20.º8PCStarworks MotorsportORECA FLM09104-8 voltas[ 6.º ]
21.º73GTDPark Place MotorsportsPorsche 911 GT America 103-9 voltas[ 1.º ]
22.º48GTDPaul Miller RacingAudi R8 LMS103-9 voltas[ 2.º ]
23.º01PChip Ganassi RacingRiley DP103-9 voltas[ 7.º ]
24.º23GTDTeam Seattle/Alex Job RacingPorsche 911 GT America 103-9 voltas[ 3.º ]
25.º63GTDScuderia CorsaFerrari 458 Italia103-9 voltas[ 4.º ]
26.º007GTDTRG-AMRAston Martin V12 Vantage102-10 voltas[ 5.º ]
27.º44GTDMagnus Racing Porsche 911 GT America 102-10 voltas[ 6.º ]
28.º22GTDAlex Job RacingPorsche 911 GT America 102-10 voltas[ 7.º ]
29.º93GTDRiley MotorsportsDodge Viper SRT102-10 voltas[ 8.º ]
30.º45GTDFlying Lizard MotorsportsAudi R8 LMS100-12 voltas[ 9.º ]
31.º97GTDTurner MotorsportBMW Z498-14 voltas[ 10.º ]
32.º33GTDRiley MotorsportsDodge Viper SRT97-15 voltas[ 11.º ]
33.º52PCPR1/Mathiasen MotorsportsORECA FLM0996-16 voltas[ 7.º ]
34.º0PDeltaWing RacingDeltaWing DWC1338-74 voltas[ 8.º ]
35.º07PSpeedSource Mazda18-94 voltas[ 9.º ]

A próxima prova do USCC será no final de Maio em Detroit, no circuito de Belle Isle Park mas apenas estarão presentes as categorias Protótipos, PC e GTD já que a prova colide com os Testes Oficiais de Le Mans.