Le Mans | WEC

WEC 2015: Nürburgring é a grande novidade — São Paulo temporariamente fora do Calendário

por Hugo Ribeiro, 10 de Outubro de 2014 Um Comentário

© FIA WEC

ACO e FIA divulgaram esta manha (em Portugal) o calendário de 2015 do Campeonato Mundial de Resistência (WEC). A aposta é claramente na continuidade, na criação de novas tradições no universo endurance, mas um dos mais tradicionais circuito está de regresso: Nürburgring. São Paulo saiu da lista, mas só para o próximo ano.

A grande novidade do calendário divulgado hoje é a inclusão do traçado de Nürburgring no rol de provas para a temporada 2015 do Campeonato do Mundo de Resistência (WEC). Outrora apelidada de 1000Km de Nürburgring, a prova alemã foi em tempos uma das grandes clássicas do antigo Campeonato do Mundo. A prova ainda chegaria a fazer parte do LMS (agora ELMS) já neste século (antes do WEC ter sido ressuscitado), mas constantes problemas entre os donos do circuito e os organizadores do LMS ditariam a saída de cena do circuito alemã.

Este é um regresso que deixará certamente muitos fãs entusiasmados. Apesar de ACO e FIA estarem a tentar criar um calendário global, que implica a passagem por terras com pouca tradição no endurance e, honestamente, no automobilismo em geral, esta seria — a par com as 12 Horas de Sebring — umas das provas mais desejadas pelos fãs. Mas como não há também intenção de aumentar o calendário num futuro próximo (embora esteja agora também confirmado que existem negociações para incluir Montreal para 2017), para Nürburgring entrar uma prova tece de ser sacrificada, e essa foi as 6 Horas de São Paulo. Devido as constantes exigências do circo da Formula 1, o circuito de Interlagos irá entrar em renovação no próximo ano, pelo que o WEC optou por encontrar um alternativa para o próximo ano.

O comunicado de imprensa refere que São Paulo poderá regressar em 2016, mas não está garantido. A verdade é que com a Audi e a Porsche a lutarem lado-a-lado no WEC — duas marcas alemãs —, um eventual sucesso em termos de público e atenção mediática das 6 Horas de Nürburgring será dificil de ignorar pelos organizadores, pelo que será difícil retirar a prova em 2016, e também muito dificilmente o calendário será aumentado para mais do que 8 provas antes de 2017.

Gerard Neveu, CEO do WEC: “Este calendário representa continuidade e estabilidade. Estamos muito entusiasmados com a visita a Nürburgring e organizar a primeira corrida do WEC na Alemanha, o que será muito bem vindo pela Audi e pela Porsche. Nürburgring tem uma longa história nas corridas de resistência e esta será uma grande oportunidade de o celebrar com um paddock moderno do FIA WEC, e com um paddock histórico que celebrará o 50º aniversários dos 100km de Nürburgring. Com este novo calendário reduzimos a paragem de verão, e iremos ter sensivelmente uma prova por mês.”

Pierre Fillon, Presidente do ACO: “O calendário de oito provas significa que estamos também a criar tradições com os eventos de 6 Horas nos países que visitamos. Manter as oito provas, na mesma altura, ao longo da temporada é um facto muito positivo. O Calendário de 2015 providenciará uma grande mistura de entretenimento e competição, com o ponto alto da temporada a ser as 24 Horas de Le Mans em Junho, que continua a ser a joia da coroa das corridas de resistência.”

WEC 2015: Calendário Provisório

  1. 27 / 28 Março  O Prologo (Paul Ricard)
  2. 12 Abril : 6 Horas de Silverstone
  3. 02 Maio : 6 Horas de Spa
  4. 31 Maio : Teste Oficial para as 24 Horas de Le Mans
  5. 13/14 Junho : 24Horas de Le Mans
  6. 30 Agosto : 6 Horas de Nürburging
  7. 19 Setembro : 6 Horas do Circuito das Américas ( Lone Star Le Mans)
  8. 11 Outubro : 6 Horas de Fuji
  9. 1 Novembro: 6 Horas de Xangai
  10. 21 Novembro : 6 Horas do Bahrein
© WEC

© WEC

Fonte: Comunicado de Imprensa FIA WEC