GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

CNV / Vila Real: Corrida 1

Vieira e Salvador vencem primeira corrida no regressado Circuito de Vila Real

por Press Release, 22 de Junho de 2014 Sem Comentários

© Veloso Motorsport

A Velocidade Nacional invadiu as ruas de Vila Real, capital transmontana que recebeu de novo, quatro anos depois, os grandes especialistas em provas de circuitos, participantes nos Campeonatos Nacionais ou na grande diversidade de troféus que integram o Calendário Nacional em 2014.

Este era um regresso prometido por todos os “quadrantes” dos desportivos aos políticos. A cidade transmontana recebe assim de braços abertos um dos eventos que a colocam em destaque no mundo inteiro, já com tradições cimentadas em décadas sempre marcantes e prestigiantes. Com um horário apertado, limitado pela condicionante imposta pelos organizadores, de efetuar tudo em dois dias apenas, o 44o Circuito de Vila Real recebe este ano mais de 200 equipas e pilotos, divididos por oito categorias; CNV, CNCC, CNCC 1300, LCC, CSS, SSS, SUPER 7 BY KIA, ABARTH e DESAFIO ÚNICO, categorias cuja evolução em pista iremos acompanhar a par e passo durante dois intensos dias, em que se espera muita competição pela conquista de um dos mais cobiçados troféus do ano.

Hoje, Sábado, foi dia de treinos, mas também das primeiras corridas, nada menos do que cinco. No CNV o triunfo foi para Pedro Salvador e Carlos Vieira, entre os homens do Desafio Único os primeiros louros foram para Luís e Raúl Delgado nos Alfa Romeu e André Martins e José Monteiro nos Punto, nos Super 7 by Kia, Hugo Araújo foi o vencedor, nos Abarth 500, ganhou Manuel Pedro Fernandes e finalmente entre os Single Seaters, o primeiro a cortar a meta foi Gonçalo Inácio ainda que tenha havido muitos outros vencedores, já que para este troféu a classificação geral não é importante.

Muitos problemas de cronometragem e de comunicações dos resultados, fizeram com que de alguma forma o dia – que desportivamente até correu bem e quase cumprindo os horários estabelecidos – ficasse ensombrado pela falta de eficácia dos serviços. A ausência de live – timing – prometido pelos organizadores na semana anterior à prova – é uma falta grave, que deveria ser acautelada por quem de direito.

CNV — Corrida 1

O warm up do Campeonato Nacional de Velocidade abriu o programa do 44o Circuito de Vila Real. Esta sessão serviu apenas para os pilotos terem um primeiro contacto com a pista antes das duas sessões de qualificação que decorreram ao final da manhã. Na primeira Gonçalo Araújo foi o mais rápido, colocando o Norma na pole position batendo Pedro Salvador e José Pedro Fontes. Na segunda sessão, foi a vez de Carlos Vieira assinar a melhor marca, o que lhe permite largar amanhã para a segunda corrida da pole position, cabendo nesta sessão a Stefano del Val, o dominador da jornada de abertura em Braga, o segundo tempo.

A corrida deste Sábado ficou marcada pelo aparecimento da chuva que causou naturais dificuldades aos pilotos. No momento do arranque Gonçalo Araújo fez valer a pole position e ficou no comando, levando atrás de si Pedro Salvador. O duo da frente rapidamente ganhou vantagem, enquanto mais para trás, na primeira abordagem à chicane da descida de Mateus, José Pedro Fontes falha a travagem e sai de frente danificando a asa dianteira e o fundo plano, sendo obrigado a abandonar.

Na luta pela vitória Gonçalo Araújo foi dominando a corrida até ao momento em que cometeu um erro na entrada do circuito antigo, na dobragem a um piloto mais lento, acabando por sair de frente, deu um toque no rail e teve de desistir.

“Arrancámos bem e rapidamente ganhámos vantagem para o resto da concorrência. Nunca deixei a diferença crescer, mas sempre que me chegava mais próximo perdia apoio na frente. O momento mais difícil da corrida acabou por ser quando a chuva apareceu, pois não foi fácil perceber onde havia aderência ou não. Não forcei a ultrapassagem, mas o Gonçalo acabou por ter possivelmente uma falha de concentração e bateu na entrada do circuito antigo e com isso fiquei na frente”, explicou Pedro Salvador.

Desta vez sem a companhia de César Campaniço, Francisco Abreu fez uma excelente corrida e terminou no segundo lugar, ao passo que o Radical de Rafael Lobato e Armando Parente fechou o pódio.

P.Cl.N.PilotosChassisVLTTempo
1.ºSP33Carlos Vieira / Pedro SalvadorTatuus PY01218(45:52.214)
2.ºSP11Francisco AbreuTatuus PY01218+ 2.41.175s
3.ºSP24Armando Parente / Rafael LobatoRadical SR317- 1 volta
4.ºSP88Stefano de ValWolf G80817- 1 volta
5.ºSP32Eugénio Montez / Sérgio MontezNorma M20FC17- 1 volta
6.ºGTC3Gonçalo Manahu / Manuel CastroPorsche 911 GT3 Cup17- 1 volta
7.ºGTC34Carlos Alonso / Francisco CarvalhoAston Martin Vantage GT417- 1 volta
8.ºGTS17Fabio MotaMegane Trophy16- 2 voltas
9.ºT24Joaquim Santos / Joaquim TeixeiraSeat Leon Supercopa15- 3 voltas
10.º21Alberto CabralMitsubishi Evo15- 3 voltas
11.ºSP52Mnaessens Donald / Geemtjens WimRadical SR315- 3 voltas
12.ºSP40Colin BainRadical SR314- 4 voltas
13.ºT299Manuel Pedro FernandesSeat Leon Supercopa8- 10 voltas
14.ºSP51Gonçalo Araújo / Miguel CristovãoNorma M20FC7- 11 voltas
15.ºGT32António Nogueira / António CoimbraPorsche 911 GT3 R2- 16 voltas
Não Alinharam
SP20Antonio Azevedo / Paulo MacedoJuno CN09