ALMS | Grand Am | Notícias | USCC

United SportsCar Racing

USCR firma acordos para cobertura TV e reformula presença na ‘world wide web’

por Hugo Ribeiro, 16 de Agosto de 2013 Um Comentário

© Grand Am

Depois de anunciar alguns pormenores relativos aos regulamentos para a temporada inaugural do United SportsCar Racing, na última semana foram revelados mais alguns, estes agora relativos à promoção mediática do novo Campeonato.

IMSA e a FOX assinaram um acordo válido por cinco anos (2014/2018) para a transmissão do futuro United SportsCar Racing (USCR) na passada semana, antes da prova de Road América que juntou na mesma pista o Grand Am e o ALMS. A FOX, proprietária da Speed TV, decidiu recentemente entrar em força no mercado das transmissão desportivas, criando a FOX Sports 1 e a FOX Sports 2, fundindo a SpeedTV na FOX Sports 1. Para os EUA, o USCR será transmitido em exclusividade na FOX Sports 1, mas ainda teremos de esperar algum tempo para saber como poderemos seguir as provas aqui na Europa, e mais concretamente em Portugal.

O ALMS foi pioneiro nas transmissões em live streaming gratuitas (apenas para fora dos EUA e Canada), mas a nova competição poderá deixar de contar com esta clara mais valia. Ontem foi anunciada a criação do IMSA.com, um portal que irá congregar as competições sancionadas por esta — entre as quais a USCR —, e uma das suas valência será a 'IMSA TV', que irá transmitir “live streaming seleccionado e as corridas na íntegra, 24 horas depois da sua transmissão na FOX Sports 1”. Se o “live streaming seleccionado” significa ou não a manutenção da transmissão em directo das provas, é algo que fica no ar... O actual site de apresentação da USCR, o unitedsportscar.com, será entretanto extinto.

O fim-de-semana passado em Road America foi ainda aproveitado para uma primeira foto de família Grand Am/ALMS, e também motivo para algumas comparações de tempos entre os carros que irão fazer parte do novo campeonato. Nós, no Le Mans Portugal, já havíamos feito as contas há bem mais tempo... aqui ficam elas para quem não as viu.

Fonte: Comunicados de Imprensa da IMSA