GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

CNV / Algarve: Rescaldo

Um pódio e um 4º lugar para o Team Novadriver em Portimão

por Press Release (edição: Hugo Ribeiro), 23 de Julho de 2014 Sem Comentários

Fonte: Team Novadriver

O Team Novadriver terminou a quarta jornada dupla do Campeonato Nacional de Velocidade (CNV), realizada no Autódromo Internacional do Algarve, no segundo lugar na corrida 1, depois de ter largado para a prova da quinta posição da grelha, seguindo-se um quarto lugar, depois de ter largado para a prova da terceira posição da grelha.

Francisco Abreu voltou a estar sozinho ao volante do Tatuus PY012/Honda da categoria CN com as cores do Banco Carregosa, Ray Just Energy, Novatech, Brisa Maracujá, Eco-Cars, Socicorreia, Galp Fórmula, Nacional da Madeira, Panta Racing Fuels, Vapor Ilhas, Autódromo Virtual de Lisboa, Diário de Notícias da Madeira, Cision, Duoseg e Honda.

Após uma sessão de qualificação que não correu de feição ao piloto madeirense, a corrida foi bem diferente. Com um andamento consistente, o piloto do Team Novadriver foi recuperando posições, beneficiando, igualmente, dos problemas e penalizações aplicadas aos seus adversários. Chegou mesmo a ter em mira o primeiro lugar, mas Francisco Abreu chegou ao final da corrida com os pneus traseiros do Tatuus PY012/Honda já muito desgastados a terminou a prova a defender-se dos ataques do terceiro classificado.

Francisco Abreu: “Estou muito satisfeito com a minha prestação, pois durante a sessão de qualificação perdi algum tempo, nunca consegui uma volta limpa, e não fui além da quinta posição. Na corrida o carro estava muito bom e com um ótimo ritmo consegui chegar aos primeiros lugares. Pena que nas últimas voltas os pneus traseiros se mostrassem já muito desgastados, impossibilitando-me de lutar pelo primeiro lugar. O saldo acaba por ser positivo, pois o segundo lugar reflete um ganho de pontos a todos os meus adversários.”

Após o pódio de sábado, o Team Novadriver estava confiante quanto à segunda corrida, mas nada correu de feição a Francisco Abreu. Primeiro foi colocado fora de pista por um adversário, toque que custou muito tempo ao piloto madeirense, depois uma penalização “drive thru” por ultrapassar os limites da pista, conjugaram-se para o quarto lugar obtido. Ainda assim, o saldo do fim de semana foi positivo, pois Francisco Abreu guindou-se ao quarto lugar do CNV.

Francisco Abreu: “Não foi uma boa corrida, pois tivemos demasiados problemas, entre eles um toque com o Pedro Salvador que me colocou fora de pista e depois um ‘drive thru’ por ultrapassar os limites do traçado. Consegui, ainda assim, um quarto lugar que me fez subir até quarto do campeonato, pelo que nas próximas provas irei empenhar-me a fundo para conseguir uma vitória e ganhar mais alguns lugares no campeonato.”

A próxima corrida do Campeonato Nacional de Velocidade realiza-se no Autódromo Internacional do Algarve nos dias 6 e 7 de Setembro.