ELMS | Notícias | Portugueses

European Le Mans Series

Testes produtivos para Filipe Albuquerque no Estoril

por Press Release, 10 de Março de 2014 Sem Comentários

© Luis Bernardino

Os dois dias de testes de Filipe Albuquerque no Autódromo do Estoril ao volante do Zytek LMP2 da JOTA com que vai disputar esta época o European Le Mans Series foram bastante produtivos, especialmente o dia de hoje, onde as condições atmosféricas ajudaram ao desenvolvimento de todo o trabalho.

Cerca de 80 voltas ao Circuito do Estoril serviram para Filipe Albuquerque conhecer a sua nova máquina ao mesmo tempo que testou várias soluções que ajudaram a encontrar um compromisso base que se ajuste a si e aos seus companheiros de equipa, Simon Dolan e Harry Tincknell.

“Foi um teste muito importante para mim e para toda a equipa. Foi a melhor forma de nos conhecermos. Ficámos a perceber que formamos uma equipa bastante coesa em termos de andamento e que temos a mesma forma de trabalhar no que toca a afinação do carro. São premissas importantes”, começou por referir Filipe Albuquerque.

Os três pilotos dividiram a condução do Zytec em 'stints' mais curtos no primeiro dia e mais longos durante o dia de hoje: “Encontrámos uma boa base de trabalho. Focamos muito do nosso trabalho no teste aos pneus que também correram bem. Há claro, ainda muito trabalho a fazer, mas o primeiro passo foi dado e acredito que estamos no bom caminho para iniciarmos o campeonato ao melhor nível”, continuou Albuquerque.

Este teste serviu também a Filipe para revalidar a opinião que têm condições para discutir o título: “Apesar de sermos pilotos com experiências distintas, o Simon Dolan tem vários anos de corridas de resistência pese embora seja um Gentleman Driver, o Harry Tincknell vem da F3 e é o mais inexperiente e eu trago todo o 'background' da Audi, acho que temos todas as condições para lutar pelo título. Estou bastante entusiasmado com este Campeonato, que é bastante interessante e que me vai ajudar a preparar da melhor forma possível as 24h de Le Mans”, referiu Albuquerque que este ano vai competir em carros tão variados como o Audi R18, Zytec e Audi R8 das categorias LMP1, LMP2 e GT respectivamente. Uma vantagem e que demonstra bem a polivalência e capacidade de adaptação do piloto luso.

Agora que o teste terminou no Estoril, tempo de Albuquerque mudar o 'chip' e enfrentar as 12h de Sebring nos Estados Unidos este fim-de-semana aos comandos do Audi R8 da Flying Lizard.

Comunicado de Imprensa do piloto Filipe Albuquerque