GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

CNV / Estoril: Antevisão

Team Novadriver estreia Luís Sá Silva ao lado de Francisco Abreu

por Press Release, 1 de Outubro de 2014 Sem Comentários

Fonte: Team Novadriver

O Team Novadriver vai disputar a última jornada dupla do Campeonato Nacional de Velocidade (CNV), a realizar-se nos dias 4 e 5 de Outubro no Autódromo Fernanda Pires da Silva, Estoril, com uma dupla de pilotos inédita ao volante do Tatuus PY012/Honda da categoria CN. Francisco Abreu terá a companhia de Luís Sá Silva, piloto angolano que participa na GP3 Series com a equipa Carlin.

Para Luís Sá Silva será o regresso ao CNV e às barquetas da categoria CN através do Team Novadriver, para Francisco Abreu uma preciosa ajuda para que a jovem promessa madeirense possa chegar à sua primeira vitória no CNV.

O piloto angolano do Team Novadriver, com 24 anos, é já um “veterano” da competição automóvel, tendo um largo palmarés que começou com muita tenra idade aos comandos de uma moto 4 e que desaguou, aos 18 anos, no título de “Melhor desportista internacional de Angola”, depois deter sido o primeiro angolano a conquistar pontos numa competição internacional de desporto automóvel. Filho de piloto, Luís Sá Silva está, atualmente, a disputar pelo segundo ano consecutivo a GP3 Series com a poderosa equipa Carlin, depois de ter passado pela Fórmula 3 EuroSeries, pela F.Renault Ásia, pela Fórmula Abarth, onde foi vice-campeão, e pela F3 britânica e alemã, entre outros campeonatos.

O objetivo do Team Novadriver na derradeira jornada dupla do CNV passa, naturalmente, pela vitória para encerrar a temporada da melhor forma possível.

Cesar Campaniço: “A vinda do Luís para esta ultima prova do campeonato deixa-me muito contente pela mais valia que ele traz para o CNV e para o Team Novadriver. Vamos aproveitar as sessões de treinos livres para ele conhecer o carro e estar o mais confortável possível para poder extrair o máximo potencial do Tatuus PY012/Honda. A ideia de ter um companheiro que possa ajudar o Francisco a poder lutar pela nossa primeira vitoria em 2014 é deveras aliciante e o Luís foi a melhor escolha para o efeito.”

Francisco Abreu: “A notícia de ter um companheiro de equipa para esta última jornada do CNV, ainda por cima um piloto rápido e habituado aos monolugares, foi excelente e deixou-me muito satisfeito. Se o objetivo passava, como sempre, pela vitória, penso que tenho razões adicionais para acreditar que será no Estoril que poderei conquistar a minha primeira vitória no Campeonato Nacional de Velocidade. Estou ansioso que chegue o dia das provas para dar tudo para dignificar a Madeira e conseguir uma vitória.”