Quem Somos

The Race is On

Houve um tempo em que as provas de sport-protótipos, ou aquilo que os ingleses designam, mais genérica e simplesmente por sports, disputadas geralmente no formato de endurance, discutiam directamente com a Formula 1 a atenção dos adeptos de corridas de automóveis.

Agrupadas no Campeonato do Mundo de Marcas ou Campeonato do Mundo de Carros de Sport, provas como as 24 Horas de Le Mans, os 1000 Km de Nürburgring, Spa ou Monza, ou ainda a tão peculiar Targa Florio ou mesmo o Tour Auto de France, tornaram-se ao longo dos anos verdadeiras clássicas que desde sempre atraíram as melhores marcas, os melhores pilotos e as mais profissionais das equipas, que se juntavam a todo o género de ‘gentlemen drivers’, construtores artesanais e equipas amadoras em grelhas bem preenchidas por toda uma imensa variedade de carros divididos em diversas classes.

E foi assim, com os seus altos e baixos, com fases mais ou menos animadas, até que, no final dos anos 80, as alterações regulamentares impostas pela FIA, claramente em benefício do grande negócio emergente da F1, baniram os protótipos e reduziram a endurance a um mera sombra do seu passado, afastando muitos daqueles que eram os seus adeptos.

Recentemente, e pela mão do ACO, o mesmo clube que há oito décadas organiza uma das mais emblemáticas da endurance, precisamente as 24 Horas de Le Mans, os sport-protótipos têm vindo a retomar, de ano para ano e consistentemente, o lugar que já foi, por direito próprio, o seu, conquistando não só novos como também velhos adeptos que lhe haviam (quase) esquecido o gosto.

É o nosso caso.

E é em homenagem a esse passado brilhante e como forma de contribuir para o seu presente (e, porque não dizê-lo, passe a imodéstia) para o seu futuro que aqui abrimos este espaço, onde pretendemos condensar e reunir, em português, a informação disponível em diversos portais internacionais, essencialmente nos mais (ou exclusivamente) dedicados à disciplina.

Às notícias mais relevantes e entrevistas a pilotos e responsáveis por equipas, iremos acrescentando artigos originais sobre factos, pilotos e marcas que fizeram a história da disciplina, assim como as nossas opiniões.

Porque não somos nem temos pretensões a ser jornalistas, o espaço será aquilo que a medida da nossa disponibilidade e interesse vá permitindo, e daí que, embora reconhecendo a importância dos GT’s na história da endurance, nos vejamos obrigados a optar por concentrar esforços e atenções nos protótipos e omitir os GT’s em muitas situações, cuja ausência muitos notarão.

Que seja bem-vindo quem vier por bem!

Hugo e Vitor Ribeiro — Fevereiro 2009