Notícias | WEC

World Endurance Championship

Rebellion Racing reorganiza alinhamentos de pilotos para o que resta da temporada WEC

por Hugo Ribeiro, 16 de Agosto de 2013 Sem Comentários

Depois de confirmar a redução do programa no American Le Mans Series (ALMS), onde já só irá alinhar na season finale em Petit Le Mans, a Rebellion Racing confirmou esta semana os alinhamentos de pilotos para o único Lola Toyota a alinhar nas provas do Campeonato Mundial de Resistência.

A Rebellion Racing confirmou esta semana, em declarações proferidas ao site da revista inglesa Autosport e ao Dailysportscar.com, os alinhamentos de pilotos para o que resta da temporada. Com a Strakka Racing a abandonar o Campeonato do Mundo de Resistência (WEC), pelo menos este ano, o Título de Equipas Privadas LMP1 é um dado adquirido, pelo que o grande objectivo para o que resta da temporada será mesmo repetir a vitória em Petit Le Mans, prova que habitualmente assinala o fim de temporada do ALMS, e que este ano irá também assinalar o fim dos LMP1 nos EUA e o fim do próprio ALMS.

Em Road Atlanta, o único Lola B12/60 Toyota suíço irá ter ao volante Nick Heidfeld, Nicolas Prost e Neel Jani, que já na próxima semana irá sentir a sua nova montada para 2014 — o Porsche LMP1 híbrido — fazendo em Petit Le Mans a sua última presença com a equipa suíça. Com a Porsche a intensificar o seu programa de desenvolvimento, Jani já não irá assim fazer mais nenhuma prova do Campeonato Mundial de Resistência com a Rebellion.

Quando ao WEC, Nick Heidfeld, Nicolas Prost e Mathias Beche serão os pilotos para as provas de Interlagos (São Paulo) e Austin, com Mathias Beche a juntar-se a Andrea Belicchi para a prova de Fuji, num fim-de-semana onde a Rebellion Racing irá estar simultaneamente no Japão e nos EUA (Petit Le Mans). Para as últimas provas do WEC, Xangai e Bahrain, Belicchi terá ao seu lado Nicolas Prost e Mathias Beche.

“Vamos certificar-nos que haverá oportunidades para todos manterem o ritmo no resto da temporada em preparação do que irá ser o alinhamentos para 2014,” afirmou Bart Hayden, Team Manager da Rebellion Racing. “O programa do novo carro [ndr.: o Rebellion R-One] é um grande compromisso por parte da equipa e é importante encontrar o equilíbrio certo entre o continuo apoio ao Campeonato Mundial e o assegurar do nível certo de recursos para os nossos planos futuros. Vamos procurar manter-nos rápidos e fiáveis no resto de temporada, e repetir a vitória em Petit Le Mans seria um feito fantástico com o actual conjunto.”

Fonte (citação): Dailysportscar.com