Le Mans | Notícias | WEC

World Endurance Championship

Porsche termina testes de 2013 em Portimão — Mark Webber estreou-se ao volante do LMP1

por Press Release, 10 de Dezembro de 2013 3 Comentários

© Porsche Motorsport

A Porsche terminou o programa de testes em 2013 com o novo LMP1. O Porsche LMP1 fez as suas últimas voltas do ano no Autódromo Internacional do Algarve, perto de Portimão, em Portugal. Os testes regressam no início de 2014. A Porsche AG vai ter dois carros no Campeonato do Mundo de Endurance (WEC) com início em Abril de 2014 e que terá as 24 Horas de Le Mans como ponto alto da temporada.

O regulamento do WEC estipula que os construtores inscritos na classe mais alta de protótipos (LMP1) alinhem com veículos híbridos. No desenvolvimento de um sistema híbrido muito eficiente e de elevada performance para o novo LMP1, os engenheiros da Porsche foram confrontados com enormes desafios que apenas podem ser solucionados com soluções inovadoras. Portanto, o veículo de competição possui um sistema híbrido que consiste num motor de quatro cilindros a gasolina com injecção directa e dois sistemas recuperadores de energia. A energia recuperada é armazenada numa bateria até que seja utilizada pelo piloto. Um potente motor eléctrico debita, então, mais potência para o eixo dianteiro. No entanto, o regulamento WEC limita a quantidade de combustível, bem como de energia eléctrica, ou o chamado “boost”, disponível para o piloto por cada volta. O desenvolvimento de um sistema tão eficiente vai ter elevados benefícios para os modelos de produção da Porsche.

No Autódromo Internacional do Algarve, Mark Webber teve o seu primeiro contacto com o Porsche LMP1. A equipa da Red Bull Racing Formula 1 deu luz verde ao Australiano para conduzir nestes testes iniciais, mesmo com Webber ainda sob contracto com a equipa Austríaca. A partir de 1 de Janeiro de 2014, Mark Webber será oficialmente piloto da equipa de fábrica da Porsche e junta-se aos já contractados Timo Bernhard, Romain Dumas e Neel Jani. Em Portimão, Mark Webber referiu: “O meu primeiro dia neste fascinante projecto foi uma experiência intensa para mim. Quero agradecer à Red Bull Racing por me dar a oportunidade de me juntar a este projecto mais cedo. Este é um enorme e importante passo para todos nós. Permite integrar-me mais depressa com a equipa e contribuir na con- tinuação do desenvolvimento do LMP1. Temos um longo caminho pela frente que envolve muito trabalho. Não tenho dúvidas em relação a isso”. O chefe do projecto Porsche LMP1, Fritz Enzinger, também destacou a boa vontade mostrada pela equipa Austríaca de F1: “Estou encantado por ter o Mark na equipa tão cedo. A Red Bull Racing ajudou-nos imenso ao permitir isto!”.

No programa para estes testes finais de 2013 em Portugal, estavam em principal enfoque o desenvolvimento da suspensão e dos pneus, em parceria com a Michelin. Antes, a equipa da Porsche LMP1 já tinha trabalhado no desenvolvimento do novo veículo nos circuitos de Magny-Cours (França), Monza (Itália) e Paul Ricard (França), bem como no Eurospeedway Lausitz (Alemanha). Enzinger disse: “Entre o lançamento deste carro completamente novo, em Junho, e agora, conseguimos progressos significativos. Cada quilómetro percorrido foi importante, dando-nos novas informações que fizeram avançar com o desenvolvimento. Toda a equipa trabalhou arduamente e eu queria expressar os meus sinceros agradecimen- tos a todos. Os nossos esforços vão continuar sem esmorecer em 2014. Até ao início da temporada, em Silverstone, em meados de Abril, há muito trabalho para fazer.”

Wolfgang Hatz, Membro do Concelho Executivo para a Pesquisa e Desenvolvimento da Porsche AG, disse ainda que, “após 16 anos, nós sabíamos que não iria ser fácil regressar ao topo das corridas de endurance. Assim, os nossos esforços em desenvolver o veículo de competição Porsche LMP1 são imensos. Até agora, os nossos engenheiros, os nossos pilo- tos e toda a equipa estão com um desempenho impressionante. Estamos a descobrir novas abordagens no desenvolvimento, implementação e aplicação de tecnologias de eficiência de ponta. Isto também nos leva a mais melhoramentos em todo o sistema híbrido nos nossos modelos de produção. Em última análise, os nossos clientes irão beneficiar imenso.”

Comunicado de Imprensa da Porsche Iberica