Notícias | USCC | WEC

World Endurance Championship

Porsche renova programa GTE Pro no Mundial de Resistência e GTLM no USCC

por Hugo Ribeiro, 16 de Dezembro de 2014 Sem Comentários

© Porsche AG

A 'Noite dos Campeões', gala que celebra os feitos do universo desportivo da Porsche, foi uma vez mais palco de confirmações para a temporada 2015. Que o programa LMP1 é para manter já todos sabíamos, tendo o programa GTE Pro sido finalmente confirmado, havendo mexidas nos alinhamentos dos pilotos, extensíveis ao USCC.

A Porsche confirmou a continuação do seu programa GTE Pro para o Campeonato do Mundo de Resistência. A marca alemã encontra-se em rota de colisão com o actual BoP e havia quem já prognosticasse a sua saída da classe rainha dos GTs. Assim não aconteceu. À já esperada continuidade do programa LMP1 e do programa GTLM (sustentado pela filial norte americana da Porsche) confirma-se agora também a manutenção do programa oficial na classe GTE Pro.

Com decisões ainda tomar no que diz respeito aos dois pilotos que irão fazer companhia a Nico Hülkenberg no terceiro Porsche 919 Hybrid nas 24 Horas de Le Mans, as duplas de pilotos que irão estar ao volante dos dois 911 RSR que a marca alemã (com a Porsche Norte America no USCC e com o Team Manthey no WEC) irá inscrever no WEC e dos dois do USCC não estão ainda fechadas. Frédéric Makowiecki, Michael Christensen e Nick Tandy têm estado a testar com o Porsche 919 (o último dos quais na passada semana) e os resultados têm deixado os responsáveis pelo projecto LMP1 bastante satisfeitos, pelo que é de esperar que um ou mesmo dois deles venham a ocupar os lugares disponíveis no LMP1. Essa é a vontade da Porsche — fazer os seus pilotos subirem de patamar no seio da marca — mas eles terão também de demostrar capacidade para lidar com uma besta tão diferente como é um protótipo LMP.

As triplas para as 24 Horas de Daytona forma no entanto já confirmadas: Frédéric Makowiecki e Jörg Bergmeister terão a companhia do estreante Earl Bamber — recentemente promovido a piloto oficial Porsche —, enquanto no outro carro estarão Nick Tandy, Patrick Pilet, e o agora piloto LMP1 Marc Lieb. No WEC, o plano passa por manter Michael Christensen e Richard Lietz num dos carros , e Patrick Pilet e Frédéric Makowiecki no outro... até pelo menos à decisão final sobre os pilotos para o terceiro LMP1.

“Não só iremos continuar com o prego a fundo como vamos mesmo aumentar a velocidade! O desporto automóvel está profundamente enraizado na Porsche e para nós é muito mais do que um meio para um fim. Em circuitos por todo o mundo, nós testamos e desenvolvemos a tecnologia mais relevante para os nossos clientes,” enfatiza Wolfgang Hatz, Membro da Direcção para a Pesquisa e Desenvolvimento.

“O desporto automóvel é a alma e coração desta empresa. As melhores e as mais inovadoras tecnologias nos nossos carros de produção vêm directamente do automobilismo,” sublinha Matthias Müller, CEO da Porsche AG

Tal como já anunciado previamente, as equipas dos dois Porsche 919 que irá alinhar no WEC — numa versão totalmente revista em 2015 — irão manter-se tal como estão. Se na passada semana Hülkenberg, Makowiecki, Christensen e Tandy testavam com o actual 919 Hybrid, ontem foi a vez da versão 'evo 2015' ter rodado pela primeira vez. O teste teve lugar na pista de testes da Porsche AG em Weissach, e Marc Lieb foi o piloto de serviço. Este foi apenas um shakedown, com o primeiro testes intensivo a estar marcado de 18 a 22 de Janeiro em Abu Dhabi.

Fonte: Comunicado de Imprensa da Porsche e Autosport.com