ELMS | Notícias | WEC

World Endurance Championship

Política ameaça programa desportivo da SMP Racing

por Hugo Ribeiro, 15 de Abril de 2014 Sem Comentários

© SMP Racing

O projecto desportivo russo SMP Racing, presente no ELMS e no WEC com o apoio técnico da AF Corse, encontra-se seriamente ameaçado, segundo os seus responsáveis. A causa reside nas recentes sanções impostas pela União Europeia e pelos EUA que atingem aquela que é a base deste projecto: o SMP Bank.

Sem mais comentários, fica o comunicado de imprensa na íntegra:

A SMP Racing considera inaceitável a escalada de sanções impostas pela União Europeia e pelos EUA contra alguns dos empresários russos para além das áreas política e económica. A SMP Racing não tem qualquer relação com os eventos na Ucrânia e não possui objectivos políticos ou económicos. A este respeito, o uso do desporto, por parte da União Europeia e do Departamento de Estado dos EUA, como instrumento de chantagem política é uma surpresa e uma decepção.

Neste momento, as contas bancárias do escritório de representação Europeu da organização não-comercial SMP Racing estão bloqueadas. A participação de pilotos russos em campeonatos internacionais de nomeada, como o Campeonato Mundial de Resistência (WEC), e o European Le Mans Series (ELMS), bem como a execução de projectos internacionais no automobilismo, propaganda pela segurança rodoviária e outros, estão em risco de serem cancelados.

Sergey Zlobin, Director Desportivo da SMP: “A utilização do desporto como instrumento de luta política nunca levou a uma efectiva resolução desses mesmos problemas. Especulações levadas a cabo pelos líderes da União Europeia e dos EUA apenas prejudicam milhões de fãs pelo mundo, e destroem todas as mudanças positivas conseguidas na colaboração desportiva com os nossos colegas europeus. Recebemos palavras de incentivo de vários pilotos e desportistas reconhecidos. Espero que a Europa se lembre da Carta Olímpica e não use o desporto como instrumento de luta política.  

A SMP Racing expressa a sua preocupação com a especulação no desporto e espera que as autoridades responsáveis ​​da União Europeia e os líderes dos Estados Unidos da América mudem a sua decisão sobre as sanções e não usem o desporto como instrumento de chantagem política.

Exigimos a excepção imediata das organizações sem fins lucrativos e as suas actividades da lista de sanções tomadas contra a Rússia. Lembramos que o direito ao desporto é um direito inalienável de todo o ser humano, como declarado pela Carta Olímpica, e pedimos à Europa e aos EUA para ouvirem a voz da razão, levantando as restrições de participação de atletas russos em competições internacionais.”

O projecto da SMP Racing não é o único em risco. A G-Drive Racing e a Team Russia By Barwell vivem também de capitais russos, e o Team Ukraine reduziu drasticamente a sua presença internacional após as mudanças políticas na Ucrânia.

Fonte: Comunicado de Imprensa da SMP Racing