Le Mans | Notícias | WEC

World Endurance Championship

Peugeot diz ‘nim’ a um regresso a Le Mans

por Hugo Ribeiro, 22 de Março de 2015 Sem Comentários

© Peugeot Sport

Regressar a Le Mans está nos planos da Peugeot, mas pensar seriamente no assunto só após a conclusão dos actuais programas desportivos, se os custos caírem... na verdade, é um 'nim'!

Numa entrevista publicada no site da revista italiana Automoto em meados deste mês, Bruno Famin, Director da Peugeot Sport, revelou que, no seio do construtor francês, Le Mans está longe de ser um assunto encerrado: “Sem dúvida que gostaríamos de regressar a Le Mans! O actual Campeonato do Mundo de Resistência casa na perfeição com a filosofia Peugeot. É um campeonato que coloca a tónica da excelência tecnológica da marca, o que transmite bem os valores de um construtor. Por isso, seria perfeito.”

Mas havendo vontade, esta está longe de mover mundos. Um eventual regresso tem demasiadas condicionantes, e na eventualidade de um sinal verde este apenas aconteceria lá para 2017. “Estamos concentrados nos programas Dakar e World Rally Cross durante os próximos três anos. Depois disso voltaremos a equacionar o Mundial de Resistência, mas apenas com duas condições: os custos das provas, que nos últimos anos têm atingido quantias exorbitantes, têm de baixar um pouco; e o Grupo PSA tem de voltar a estar financeiramente de boa saúde. Se essas duas condições forem observadas, então podemos pensar seriamente em regressar a Le Mans.”

Recordamos que o fim do programa de endurance da Peugeot foi um pouco traumático. Com a equipa em Sebring a preparar-se para testar, e com novos pilotos preparados para alinhar na que seria a primeira temporada do Campeonato do Mundo de Resistência, em 2012, a ordem para o cancelamento imediato do programa caiu quem nem uma bomba, surpreendendo tudo e todos. O Peugeot 908, nas suas duas evoluções, alinhou em 37 corridas, vencendo 25 delas ao longo de cinco temporadas.

Fonte: Automoto.it