ELMS | Le Mans | Notícias | USCC | WEC

World Endurance Championship

OAK/Onroak com programas LMP1 e LMP3 congelados — Ligier LMP2 no WEC com tripla de ‘gentlemen-drivers’

por Hugo Ribeiro, 2 de Dezembro de 2014 Sem Comentários

© DPPI / Onroak

A Onroak, o construtor independente de protótipos que faz parte da OAK Racing, não só não planeia colocar o seu LMP1 em pista no próximo ano, como deverá fazer o mesmo relativamente novo LMP3. Quanto aos LMP2, a política da OAK Racing é de não competir contra os seus clientes, mas em 2015 poderemos ver um um esforço só com gentlemen-drivers no WEC.

Há já alguns anos que se fala de um OAK LMP1 (a primeira imagem revelado do actual Ligier em túnel de vento havia sido inicialmente apontada como sendo o do LMP1), mas esse dia ainda está para chegar. Jacques Nicolet, CEO da OAK Racing e da Onroak (o construtor independente de protótipos que faz parte da OAK Racing) desde cedo tem colocado a tónica na necessidade do construtor independente francês se aliar a um grande construtor para que o projecto LMP1 se materialize. Assim sendo, Nicolet confirma que o OAK LMP1 ainda não tem qualquer parceiro, no entanto sublinha que está “mais próximo do que nunca” de o fazer. Em termos de design o LMP1 estará pronto, faltando apenas construir um primeiro chassis de desenvolvimento, o que poderá mesmo acontecer para o final da temporada 2015, à imagem do Ligier em 2013.

Quanto ao LMP3, cuja designação também poderá ser Ligier, Nicolet confirmou ao dailysportscar que 2015 será um ano de análise para a Onroak. Tal como o LMP1, o protótipo estará pronto em termos de design, mas o construtor independente francês mostra algumas reservas quanto ao tecto de custos imposto pelo ACO, pelo que irá esperar para ver se há interesse real. Neste capítulo, e apesar da Ginetta já ter assegurado a compra de três exemplares do seu chassis LMP3 (um deles na versão para track days mas facilmente adaptado para competição), o mercado tem estado totalmente parado e não há de facto nenhum chassis construído.

Desde que a Onroak entrou no mercado LMP2 que a política da OAK Racing é de não competir contra os seus clientes — embora a G-Drive Racing não seja muito mais do que a OAK Racing com financiamento russo —, mas o apelo das pistas é mais forte e Jacques Nicolet irá fazer a sua OAK Racing regressar ao WEC, mas de forma "especial": o gentleman-driver francês pretende juntar mais dois gentlemen-drivers para esta aventura. Para Nicolet, “fazemos isto pelo verdadeiro 'espírito da endurance'”, afirmou ao dailysportscar. Segundo o que o site inglês conseguiu apurar, Mark Patterson, o gentleman-driver nascido na África do Sul (com duas participações em Le Mans, uma com o Oreca Nissan da Murphy Prototypes em 2013 e a outra em 2014 com o Ferrari 458 Italia da RAM Racing) deverá ser um dos pilotos.

A participação da OAK Racing no USCC 2015 também está fora de questão pela mesma razão: com duas equipas já confirmadas na próxima temporada com o Ligier JS P2 — a Krohn Racing e a Michael Shank Racing — a OAK Racing não irá competir mais no campeonato americano.

Fonte: Dailysportscar.com