GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

GT Open / Barcelona: Corrida 1 e 2

Miguel Ramos brilha no título da V8 Racing em Barcelona

por Hugo Ribeiro, 10 de Novembro de 2013 Sem Comentários

Fonte: Miguel Ramos Sport

A V8 Racing equipa que prepara o Corvette onde milita o Português Miguel Ramos, conseguiu o almejado título de equipas do International GT Open 2013. Terminado o fim de semana na Catalunha, onde se disputaram as ultimas duas corridas da temporada, Miguel Ramos e Nicky Pastorelly também fecharam a questão no que diz respeito à luta que ainda estava em aberto pelo segundo lugar na classificação de pilotos.

Miguel Ramos e Nicky Pastorelli tinham colocado como principal objetivo para este fim de semana conseguirem garantir o vice-campeonato em termos da classificação de pilotos e o titulo de equipas para a V8 Racing. Se assim o tinham pensado, melhor o fizeram pois foi esse o resultado após a dupla corrida do fim de semana, com o objetivo cumprido a 100%.

Se o primeiro lugar na classificação de pilotos tinha já ficado decidido na ronda anterior em Monza, a classificação do Campeonato por equipas era algo muito importante para a V8 Racing. A equipa Holandesa não facilitou e mais uma vez entregou à dupla Ramos Pastorelly um Corvette bastante eficaz, que lhes proporcionou um excelente desempenho em Barcelona.

A performance da V8 Racing e do Corvette foi uma agradável surpresa durante todo o Campeonato e apenas aquela primeira prova em falso no arranque em Paul Ricard destoou na campanha de 2013. Com efeito e como manifestou Miguel Ramos “este Campeonato foi extremamente disputado e com uma combatividade impressionante, devido ao grande equilíbrio entre equipas e pilotos. Foi pena na primeira prova em França, não termos pontuado devido a problemas mecânicos e num Campeonato deste tipo em que todas as corridas dão pontos, é extremamente difícil depois conseguir recuperar de qualquer atraso. Ainda assim estamos muito satisfeitos pelo nosso desempenho ao longo do ano, pois atacamos e demos sempre o nosso máximo na recuperação, mas realmente não foi possível alcançar o Montermini que foi um justo vencedor. Pelo nosso lado, a equipa esteve ao melhor nível, o carro fantástico e acho que tanto eu como o Nicky nos entendemos na perfeição em termos de estratégias ao longo das provas”.

Comunicado de Imprensa do piloto Miguel Ramos