GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

BES / 24H Spa

Miguel Faisca nas 24H de Spa: “Repetir a subida [em Paul Ricard] ao pódio seria um excelente resultado.”

por Press Release, 24 de Julho de 2014 Sem Comentários

Fonte: Nissan Portugal

O português Miguel Faísca vai repartir, nas 24 Horas de Spa-Francorchamps, os comandos do Nissan GT-R número 35, com o russo Mark Shulzhitskiy e os japoneses Katsumasa Chiyo e Masataka Yanagida. Este último, bicampeão de Super GT e, tal como Faísca, estreante na pista belga.

Depois do brilhante 3º lugar (à classe) conquistado, há cerca de um mês, na visita do Blancpain Endurance Series ao traçado francês de Paul Ricard, Miguel Faísca admite que “repetir a subida ao pódio seria um excelente resultado. As 24 Horas de Spa-Francorchamps são uma das mais emblemáticas corridas mundiais, seja pela extensão, mas também por se tratar de um circuito bastante exigente para pilotos e máquinas, e até pela instabilidade das condições atmosféricas”, uma tradição na floresta das Ardenas.

A equipa está muito motivada para esta prova: Bob Neville, o patrão da equipa RJN, celebra o seu jubileu de 25 corridas de 24 horas e para além disso é bom não esquecer que nas últimas 24 Horas em que participou (Dubai) Miguel e os seus companheiros subiram ao lugar mais alto do pódio. Para além do GT-R nº 35, a equipa faz ainda alinhar um segundo Nissan GT-R para os pilotos Alex Buncombe, Florian Strauss, Nick McMillen e Wolfgang Reip.

“Em 24 horas tudo pode acontecer e em pista vão estar cerca de seis dezenas de automóveis muito competitivos”, recorda Miguel Faísca que sublinha ser o seu principal objectivo “rodar rápido e com consistência, evitando correr riscos desnecessários. Em relação aos pilotos com que vou partilhar os comandos do Nissan GT-R com o número 35, eu sou o que tem menos experiência. O Mark venceu o GT Academy Rússia há dois anos e tem impressionado nas provas que tem disputado como piloto da Nissan. O Chiyo defende as cores da marca há vários anos e é incrivelmente rápido. O Yanagida é bicampeão de Super GT, o que diz tudo sobre o seu valor”.

O português não tem dúvidas da “enorme responsabilidade de fazer parte de uma equipa com tanto talento”. No fundo, também é o resultado de uma forte aposta da Nissan em manter ou mesmo consolidar a liderança do campeonato Blancpain Endurance Series na categoria Pro-Am. Miguel Faísca não vê, portanto, a hora de entrar em pista, até pela emoção e desafio que representam curvas como «o Radaillon e o Eau Rouge, extraordinários desafios para qualquer piloto».

Em Spa-Francorchamps, vão estar em acção um total de 61 equipas, algumas constituídas por ex-pilotos de Fórmula 1. Os dias de quinta-feira e sexta-feira (24 e 25 de Julho) são reservados a diversas sessões de treinos. A partida para a corrida, com a duração de 24 horas, está marcada para as 15h30 de sábado.