Le Mans | Notícias | WEC

World Endurance Championship

Ligier regressa a Le Mans 39 anos depois

por Hugo Ribeiro, 13 de Março de 2014 Um Comentário

© DPPI / Frederic Le Floc'h

A Ligier regressou esta semana a Le Mans, 39 anos depois da última presença na grande clássica francesa. O Ligier JS P2, construído pela Onroak, realizou o shakedown no Circuito Bugatti, em Le Mans, e com resultados francamente positivos segundo o construtor independente francês. O plano mantém-se com a estreia marcada para as 24 Horas de Le Mans, pelas mãos da OAK Racing e da TDS Racing.

A equipa francesa gozou de excelente condições para a primeira rodagem do novo protótipo fechado — o Ligier JS P2 —, que equipado com pneus Dunlop e motorizado pela Nissancompletou 60 voltas ao longo da tarde sem qualquer problema de maior. Após meses de desenvolvimento, pelas mãos da equipa de design da Onroak liderada por Nicolas Clémençon e pela equipa técnica liderada por Thierry Bouvet, as primeiras voltas parecem ter validado os resultados obtidos durante meses de trabalho no túnel de vento. Segue-se agora um extenso programa de testes até às 24 Horas de Le Mans.

Guy Ligier: “Este é um momento muito emocionante para mim, e é com um enorme prazer que aqui estou com toda a equipa para o shakedown do carro, cuja carreira começou de forma muito promissora. Quero agradecer ao Jacques Nicolet de todo o meu coração por me ter dado esta fantástica oportunidade de fazer a Ligier regressar à endurance, e por partilhar esta aventura. Competir é a minha vida, e espero podermos fazer muito juntos. Agora temos de começar o desenvolvimento. Claro que há imenso trabalho ainda pela frente, mas a equipa provou hoje que temos uma excelente base.”

Alex Brundle: “Em termos de conforto para o piloto, a primeira sensação foi boa, muito melhor do que esperava. A visibilidade é sempre um problema nos protótipos fechados, mas felizmente posso dizer que no nosso não é assim tão má. Fizemos uns turnos rápidos durante o dia, com pneus bons, com muito poucos problemas. Claro que há ainda muito em que trabalhar, mas no geral o carro é muito bom. Tenho toda a confiança no trabalho realizado pela equipa, e quero agradecer a todos pelo trabalho árduo realizado para que este dia chegasse. Temos um programa completo de testes pela frente antes do carro se estrear e temos muito caminho para percorrer. Estou muito feliz pela sensação geral e estou confiante apesar de ainda haver muito a fazer.”

Jacques Nicolet: “Estou muito feliz e muito impressionado pela qualidade do trabalho realizado pela equipa Onroak Automobiles. O Ligier JS P2 foi capaz de fazer 60 voltas sem qualquer problema. É algo muito satisfatório e irá permitir que nos empenhemos em preparar o carro sem pressão. É obvio que o JS P2 é rápido e isso é o essencial. Um "bravo" a todos os que tem estado envolvidos no projecto directa ou indirectamente.”

© DPPI / Frederic Le Floc'h

© DPPI / Frederic Le Floc'h

Fonte: Comunicado de Imprensa da Onroak Automobiles