Notícias | USCC | WEC

World Endurance Championship

Level 5 Motorsports com olho no Mundial de Resistência e na classe LMP1

por Hugo Ribeiro, 27 de Outubro de 2013 Sem Comentários

Depois de ter alinhado no Intercontinental Le Mans Cup em 2011, o campeonato que antecedeu o renovado Campeonato do Mundo de Resistência, a Level 5 Motorsport poderá regressar em 2014 com um novo projecto para a classe LMP1.

Quanto se esperava que a Level 5 Motorsports fosse uma das equipas a alinhar com dois LMP2 no novo United SportsCar Championhip (USCC), eis que em declarações ao site americano Racer.com, David Stone — Team Manager da Level 5 — confirmou que a equipa do gentleman-driver Scott Tucker tem outros planos em mente: em cima da mesa, um regresso ao palco mundial na classe LMP1. O caminho que a IMSA está a desenhar para a classe unificada DP/LMP2 prevista para o USCC  “não se enquadra na nossa agenda,” afirma Stone.

O ALMS têm feito valer o principio Pro-Am da classe, previsto pelo ACO para Le Mans e para o WEC, mas o novo USCC está claramente apostado em não impor limites na sua classe de Protótipos, abrindo às portas a alinhamentos 100% profissionais. Para equipas como a Level 5, as hipóteses de vitória serão bem mais reduzidas, segundo Stone, o que obriga a equipa a repensar o seu programa desportivo após ter vencido por três vezes o Título LMP2 ALMS.

Para além de uma eventual passagem para a classe PC, para a qual a equipa adquiriu três chassis, mas que poderá ficar posta de parte dado o limite (10) de inscrições imposto no USCC pela IMSA, Stone confirmou que um regresso ao palco mundial está em cima da mesa com um projecto para a classe LMP1, junto das equipas privadas. Sobre o USCC, Stone afirma mesmo que o melhor seria o campeonato desenvolver uma especificação de protótipos que fosse aceite globalmente junto do ACO — e há conversações nesse sentido para que os DP sejam aceites em Le Mans — que permitissem a equipas como a Level 5 poderem utilizar o mesmo carro nos EUA e em Le Mans, mas tal não deverá acontecer nos próximos três anos segundo Stone.

(ndr.: na imagem o piloto português João Barbosa ao volante do HPD ARX-01g da Level 5 nas 6 Horas de Imola)

Fonte: Racer.com