Notícias | WEC

World Endurance Championship

Kodewa/Lotus na LMP1 com motor AER?

por Hugo Ribeiro, 17 de Janeiro de 2014 Um Comentário

Não tem havido grandes notícias quanto ao programa desportivo da Kodewa, que alinha no WEC com a designação "Lotus LMP2", mas segundo o site alemão motorsport-total.com, a equipa alemã deverá alinhar na próxima temporada na classe LMP1 com uma evolução do actual Lotus T128, equipado com o novo motor AER.

Segundo o site alemão motorsport-total.com, a equipa alemã Kodewa, também conhecida por Lotus LMP2, vai marcar mais uma vez presença no Campeonato do Mundo de Resistência (WEC), desta feita na classe LMP2. A estrutura comandada por Colin Kolles — que noutras paragens dizem estar a preparar nova candidatura ao lugar vago na grelha da F1 para 2015 — tem estado a desenvolver o Lotus T128, construído pela Adess AG (que desde Le Mas está em litígio com a Kodewa) para que esta temporada alinhe na classe LMP1.

A intensão da Kodewa/Lotus sempre foi a passagem para a LMP1 com a chegada dos novos regulamentos, mas é desconhecido até que ponto há ainda ligação à Lotus (que em 2013 praticamente desapareceu do carro), e em que pé se encontra a ligação ao pequeno construtor checo Praga, que no ano passado patrocinou a equipa dando o seu nome ao motor Judd. Na apresentação do projecto no inicio da temporada 2013, a Praga havia dado conta da vontade de ter um carro com o seu nome na classe rainha das 24 Horas de Le Mans.

Segundo o motorsport-total.com, o novo protótipo, que terá a designação Lotus T129, terá em comum com o T128 apenas a monocoque e será equipado com um novo AER twin-turbo V6, estando em cima da mesa a possibilidade de incorporar ainda uma sistema híbrido desenvolvido pela Zytek, mas a Kodewa terá optado para não avançar para um carro híbrido.

Os planos deverão passar pela inscrição de um carro em toda a temporada e um segundo chassis nas 24 Horas de Le Mans.

Fonte: motorsport-total.com