GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

GT Open / Monza: Rescaldo

Fim-de-semana termina com um pódio para o Team NovaDriver

por Press Release, 7 de Setembro de 2014 Sem Comentários

Fonte: Team Novadriver

Corrida 1

A primeira corrida da jornada dupla do International GT Open, realizada hoje [ndr.: sábado] no mítico circuito Spa-Francorchamps, foi aziaga para o Team Novadriver. Depois de algumas dificuldades na qualificação, que se traduziram num 6º lugar na grelha de partida entre os concorrentes à classe GTS, César Campaniço assumiu os comandos do Audi R8 LMS Ultra do Team Novadriver. Porém, ainda na primeira volta, um violento toque de outro concorrente acabou com todas as esperanças da equipa num bom resultado.

Além do tempo perdido com o incidente (que por pouco não acabava com o Audi R8 LMS Ultra do Team Novadriver de encontro às barreiras de proteção) César Campaniço viu-se a braços com um carro pouco menos que inguiável. Pensou em abandonar, mas o piloto usou a sua experiência para se manter em pista de forma competitiva e assim que surgiu uma situação de “safety car” entrou nas boxes para cumprir a obrigatória troca de pilotos. Nessa altura, a equipa técnica avaliou os estragos e foi forçada a uma reparação de fortuna para fazer o Audi R8 LMS Ultra do Team Novadriver regressar à pista.

Com todo este tempo perdido, Aditya Patel regressou à pista no último lugar da categoria GTS, com um carro bastante desalinhado e difícil de pilotar. Ainda assim, o piloto indiano do Team Novadriver colocou em pista todas as suas qualidades e conseguiu recuperar algumas posições para terminar num ótimo, olhando às circunstâncias, nono lugar entre os concorrentes da categoria GTS.

César Campaniço: “A corrida de hoje [ndr.: sábado] foi um verdadeiro desastre! Arranquei bem e passei vários carros, só que na reta de Kemmel, os 20 km/h de diferença de velocidade de ponta entre o Audi e os Ferrari, favoráveis a estes, permitiu que um dos meus adversários me ultrapassasse já na chegada à zona de travagem. O piloto russo acabou por falhar a travagem e de forma propositada, atravessou a chicane e acertou-me em cheio, de lado. O carro ficou tão desalinhado que pensei em abandonar. Acabei por me manter em pista e ainda bem que surgiu o ‘safety car’ devido a um acidente, pois quando parei para entregar o carro ao Aditya, tinha um pneu quase, quase a rebentar. A equipa teve de reparar os estragos, mas apesar de terem dado o seu melhor, perdemos muito tempo. O Aditya ficou com um carro difícil de pilotar mas ainda recuperou até ao 9º lugar da categoria, o lugar possível mas longe daquilo que ambicionávamos. Espero que amanhã tenhamos mais sorte!”

Aditya Patel: “O carro estava verdadeiramente inguiável depois do violento toque que deram ao César logo na primeira volta. Foi um desafio manter o Audi em pista, mas consegui fazê-lo e ainda tive a oportunidade de recuperar alguns lugares. Porém, este nono posto sabe a muito pouco, pois acredito que poderíamos estar a lutar pelos primeiros lugares apesar da enorme diferença na velocidade de ponta entre o Audi e os Ferrari. Amanhã é um novo dia e espero que a sorte não seja madrasta e permite que possamos lutar pelos nossos objetivos.”

Corrida 2

Fabuloso resultado alcançado pelo Team Novadriver na segunda corrida da jornada dupla do International GT Open, realizada hoje no circuito Spa-Francorchamps. Após um desapontante, porque injusto, décimo lugar na categoria na primeira corrida disputada ontem, conquistou, hoje, um brilhante segundo lugar entre os concorrentes à classe GTS.

Este excelente resultado só foi possível graças ao fantástico trabalho da equipa técnica do Team Novadriver e à classe de César Campaniço e Aditya Patel, para levar o Audi R8 LMS Ultra, a ultrapassar as dificuldades que sentia no circuito das Ardenas, particularmente em linha reta.

Aditya Patel arrancou para a corrida do sexto lugar da grelha, mas foi agressivo e audaz e conseguiu subir algumas posições, aproveitando os desentendimentos após a chegada à chicane no final da reta Kemel. O piloto do Team Novadriver manteve elevados níveis de concentração e rapidez e mesmo com um “Safety Car” pelo meio, conseguiu manter-se com os primeiros da categoria GTS.

Cumprindo, de forma excelente e sem mácula, o seu turno de condução, o piloto indiano deu lugar a César Campaniço. O piloto português espalhou classe pela pista de Spa-Francorchamps e só não chegou à vitória devido à enorme diferença de velocidade de ponta para os Ferrari. Ainda assim, conseguiu levar ao erro o seu mais direto adversário e com a penalização deste por sucessiva violação dos limites da pista, o piloto do Team Novadriver conseguiu, de forma justíssima, o segundo lugar entre os concorrentes da categoria GTS.

César Campaniço: “Muito feliz com este segundo lugar após uma corrida que foi muito interessante e disputada, tendo de fazer de tudo para compensar a falta de velocidade de ponta do Audi, mas sem exceder os limites da pista. Correu tudo bem, aproveitámos não ter de cumprir ‘handicap’ extra e graças ao excelente trabalho da equipa técnica do Team Novadriver, o R8 LMS Ultra estava impecável o que permitiu que tanto o Aditya como eu pudéssemos atacar da primeira à última volta. Resultado muito saboroso que nos recoloca no caminho do nosso objetivo, depois de uma primeira corrida, ontem, verdadeiramente desapontante.”

Aditya Patel: “Depois do que sucedeu ontem, este segundo lugar sabe a vitória, ainda por cima num circuito que não é nada favorável ao Audi R8 LMS Ultra. Porém, o Team Novadriver fez um excelente trabalho e da minha parte julgo que estive bem. Mantive-me concentrado, aproveitei as incidências dos primeiros metros após a largada e entreguei o carro ao César sem problemas, o que era fundamental. Muito feliz por esta subida ao pódio, feliz porque voltamos a estar na luta pelo pódio do campeonato e já ansioso para que chegue a prova de Monza,.”

A próxima prova realiza-se nos dias 26 a 28 de Setembro na catedral da velocidade, o circuito italiano de Monza, terminando a competição em Barcelona.