GT / Protótipos | Notícias

GT Open / Monza: Rescaldo

Fim-de-semana com emoções mistas para o Team Novadriver

por Hugo Ribeiro, 30 de Setembro de 2014 Sem Comentários

Fonte: Team Novadriver

César Campaniço e Aditya Patel terminaram no sétimo lugar da categoria GTS a segunda corrida da sétima jornada dupla do International GT Open, realizada no passado fim-de-semana no Autodromo Internazionale di Monza. Depois de uma primeira corrida marcada por um toque logo na primeira volta, que desalinhou o Audi R8 LMS Ultra do Team Novadriver e que redundou num 10º lugar final na classe GTS, tudo esteve melhor na segunda corrida.

Corrida 1

A dupla de pilotos do Team Novadriver enfrentou a crónica falta de velocidade do Audi R8 LMS Ultra nas longas retas de Monza, o “handicap” regulamentar de 10 segundos extra de paragem nas boxes aquando da troca de pilotos (por via do segundo lugar em Spa) e um toque sofrido por César Campaniço, logo na primeira curva após a largada, que desalinhou a direção do Audi R8 LMS Ultra.

Perante tantos obstáculos, o décimo lugar acaba por ser o resultado possível, esperando o Team Novadriver que, amanhã, sem “handicap” para cumprir e com pneus poupados hoje, seja possível que César Campaniço e Aditya Patel consigam chegar aos pontos.

César Campaniço:  “Com o atual equilíbrio de performances do Audi R8 LMS Ultra, é impossível defrontar de igual para igual os Ferrari em pistas rápidas e, por isso, seria sempre complicado lutar pelos primeiros lugares. Com o ‘handicap’ imposto pelo segundo lugar em Spa, a tarefa ficou quase impossível. Depois, um toque logo na primeira curva desalinhou a direção e a partir dai foi levar o carro até à troca de pilotos e tentar assegurar a melhor posição possível. Veremos amanhã se conseguimos chegar aos pontos, pois não temos ‘handicap’ a cumprir e guardámos os melhores pneus para a corrida de amanhã.”

Aditya Patel:  “É muito complicado chegar aos nossos adversários em curva e depois vê-los desaparecer nas retas, mas as coisas são assim mesmo e temos dado o nosso melhor para tentar contrariar essa desvantagem. Conseguimos em Spa, mas em Monza são demasiadas retas e perdemos muito tempo. O toque sofrido pelo César logo na primeira curva foi decisivo para que o meu turno fosse monótono e dedicado, apenas, à tarefa de levar o Audi R8 LMS Ultra até final.”

Corrida 2

A partida, a cargo de Aditya Patel, foi perfeita e quando o piloto do Team Novadriver se preparava para ganhar várias posições viu-se bloqueado por vários pilotos no final da reta da meta. O tempo perdido acabou por ser fatal para as aspirações do Team Novadriver. Ainda assim, aproveitando o facto de não ter de cumprir “handicap” extra na paragem para troca se pilotos, a equipa usou de forma plena essa vantagem para fazer regressar à pista o Audi R8 LMS Ultra, já com César Campaniço ao volante, próximos dos dez primeiros da classe.

Infelizmente, o piloto português não teve voltas suficientes para recuperar o tempo perdido na primeira fase da corrida e o Team Novadriver ficou, uma vez mais, fora dos pontos. O sétimo lugar obtido por César Campaniço e Aditya Patel foi, ainda assim, o melhor dos “não Ferrari”, verdadeiramente intratáveis em Monza.

César Campaniço: “Depois da corrida menos conseguida ontem, decidimos alterar de forma radical a afinação do Audi e o R8 LMS Ultra ganhou competitividade. O Aditya fez uma belíssima partida, mas acabou bloqueado no final da reta da meta e perdeu algum tempo com essa situação. Aproveitando a troca de pilotos e a maior competitividade do Audi, entrei em pista confiante e consegui recuperar até ao 7º lugar da categoria GTS, mas não tive voltas para recuperar o tempo perdido no primeiro turno. Porém, ficámos na frente dos Porsche e isso foi quase uma vitória perante tantas dificuldades que experimentámos aqui em Monza. Seja como for, saio daqui confiante e em Barcelona queremos vencer!”

Aditya Patel: “Foi uma pena ter ficado bloqueado na primeira chicane, pois consegui arrancar muito bem e iria, seguramente, recuperar várias posições. Assim não aconteceu e perdi algum tempo com a confusão, cumprindo todo o meu turno na cauda do pelotão da categoria GTS. O Audi R8 LMS Ultra estava bem melhor hoje e tenho a certeza que poderíamos ter chegado aos lugares pontuáveis. Em Barcelona, vamos tentar ganhar, será esse o meu objetivo e o da equipa, naturalmente.”

A última jornada dupla do International GT Open vai realizar-se em Barcelona nos dias 1 e 2 de Novembro.