Notícias | Portugueses | USCC

USCC / 24H Daytona: Rescaldo

Filipe Albuquerque em 5º nas 24h de Daytona depois de recuperação notável

por Press Release, 27 de Janeiro de 2014 Um Comentário

© Audi Motorsport

© Audi Motorsport

Filipe Albuquerque não repetiu a vitória do ano passado nas 24h de Daytona que este fim-de-semana tiveram lugar nos Estados Unidos mas, o quinto lugar conseguido, demonstra que o piloto português e a sua equipa eram candidatos à vitória. Os pilotos do Audi R8 LMS GTD #35, Albuquerque, Seth Neimann, Alessandro Latif e Dion von Moltke largaram da 23ª posição da grelha e perderam várias posições nas primeiras horas de prova, o que obrigou a uma recuperação sem precedentes, resultado de um esforço enorme, sobretudo quando o piloto português estava ao volante. Aliás, Filipe foi sempre o piloto mais rápido da sua equipa.

Tal como já havia acontecido o ano passado, Filipe Albuquerque voltou a ser o protagonista da sua equipa pilotando de forma exemplar em todos os seus 'stints' e recuperando posições atrás de posições, voltas atrás de voltas. O tempo não foi suficiente para chegar ao lugar mais alto do pódio mas o piloto português termina a prova não só com uma enorme satisfação mas também com o sentimento de dever cumprido.

“Infelizmente perdemos muitas posições nas primeiras seis horas de prova, o que obrigou depois a um esforço enorme para recuperar lugares e voltas. Não conseguimos repetir o feito do ano passado, tenho pena, mas o andamento de todos os pilotos era muito semelhante o que dificultava as recuperações. O meu tempo em pista foi sobretudo nas últimas 12h de corrida e estive sempre a rodar nos limites. Fiz de tudo o que estava ao meu alcance”, disse Filipe Albuquerque.

“Só posso estar contente com este resultado e com o trabalho que fiz. É uma prova espectacular e que serve de teste para as 24h de Le Mans. Foi uma corrida muito exigente, desafiante e única. Quero aproveitar para dar os Parabéns à Audi porque voltou a conseguir vencer entre os GTD e ao João Barbosa que levou a bandeira de Portugal ao lugar mais alto do pódio à geral”, rematou o piloto português que mais uma vez esteve em plano de evidência na mais importante prova de resistência nos Estados Unidos da América.

Filipe Albuquerque disputou pela primeira vez este clássico americano o ano passado, vencendo no ano de estreia, e este ano, pese embora com condições para discutir a vitória, acabou por ficar com o quinto lugar da sua classe.

Comunicado de Imprensa do piloto Filipe Albuquerque