GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

CPGT / Braga

Cai o pano do Campeonato de Portugal de GT em Braga

por Press Release, 15 de Setembro de 2013 2 Comentários

© SuperCarsSeries

A última corrida da temporada do Campeonato de Portugal de GT foi tudo menos normal. Depois de o número de inscritos se vir reduzido a seis carros alegadamente por o título à geral já estar atribuído, já o fim-de-semana de competição decorria quando, surpreendentemente, os dois Audi da Novadriver decidem não participar quer nas qualificações quer na corrida por, supostos, problemas de sobreaquecimento nos dois carros. Ora, esta decisão colocou, quer organizadores quer os próprios pilotos numa posição desconfortável, já que em pista estariam assim apenas quatro carros: o Lamborghini Gallardo de Carlos Vieira/Patrick Cunha (GT3) e os Porsche de Nuno Baptista/Pedro Marreiros, João Baptista/Renato Machado/Amândio Dias e Gonçalo Manahu/Manuel Castro (GT Cup).

Apesar do desconforto, os restantes pilotos decidiram honrar os seus compromissos e disputaram, quer as qualificações quer a corrida. Em termos de resultados registaram-se poucas surpresas. O Lamborghini Gallardo assegurou a 'pole' e consequentemente a vitória numa corrida sem história. O Porsche de João Baptista/Renato Machado/Amândio Dias foi o segundo mais rápido na qualificação mas em corrida foi largamente superiorizado pelo Porsche de Nuno Baptista/Pedro Marreiros. Gonçalo Manahu e Manuel Castro no terceiro Porsche lideraram a corrida durante duas voltas, altura em que decidiram abandonar a prova como forma de protesto sobre o que se passou ao longo do fim-de-semana não entrando na luta pela vitória.

© SuperCarsSeries

© SuperCarsSeries

Uma corrida que é válida pela sensatez dos pilotos que mesmo dadas as circunstâncias decidiram zelar pelo bem do Campeonato efetuando uma corrida de duas longas horas. Em termos de Campeonato na categoria GT Cup fica tudo em aberto. Tanto Nuno Baptista/Pedro Marreiros como Francisco Carvalho, Miguel Ferreira e Diogo Ferrão podem ser Campeões até se decidirem as classificações da prova anterior em Portimão.

No final, os pilotos não escondiam a consternação sobre o que se passou neste prova. Para os vencedores, Carlos Vieira/Patrick Cunha: “Gostávamos de ter ganho com adversários da mesma categoria mas a decisão de abandonar a prova não foi nossa. Por respeito a todos, pilotos, equipas, jornalistas, etc, achámos que deveríamos manter o nosso compromisso e lutar pela vitória. E foi o que fizemos. Vencemos,” disseram.

Nuno Baptista e Pedro Marreiros também não estavam satisfeitos com o rumo que a prova tomou e sobretudo por a decisão do Campeonato na GT Cup ainda estar pendente da classificação final da corrida de Portimão: “Sentimo-nos campeões na pista mas ficamos a aguardar o veredicto final. Lamentamos que o título seja decidido na secretaria,” remataram os dois pilotos.

O Campeonato chega assim ao fim.

Resultados da Corrida:
1º Cunha/Vieira - Lamborghini Gallardo
2º Marreiros/Baptista - Porsche 911
3º Baptista/Machado/Dias - Porsche 911

Comunicado de Imprensa da Super Cars Series