Notícias | WEC

WEC / 6H Austin

Audi e Aston Martin largam na frente para as 6 Horas do Circuito das Américas

por Press Release (edição: Hugo Ribeiro), 22 de Setembro de 2013 Sem Comentários

© Audi Motorsport

© Audi Motorsport

Teve ontem lugar a sessão de qualificação para as 6 Horas de Austin, ou, oficialmente, as 6 Horas do Circuito das Américas. Sem grande surpresa na LMP1, a Audi juntou mais uma pole position ao seu currículo, enquanto na GTE, numa sessão muito discutida, a Aston Martin Racing levou a melhor. Destaque para o piloto português Rui Águas, a brilhar na pole da classe GTE Am conquistada pela 8Star Motorsports.

© Audi Motorsport

© Audi Motorsport

LMP1: LÍderes fazem a pole nos EUA

Allan McNish e Loic Duval fizeram a melhor média no Audi R18 e-tron quattro #2 durante a qualificação para as 6 Horas do Circuito das Américas. Os actuais líderes do Campeonato realizaram o tempo médio de 1:48.355, 0.262s mais rápidos que os seus companheiros de equipas Andre Lotterer e Marcel Fassler no Audi #1, e 1.341s à frente do Toyota TS030 #8 de  Stephane Sarrazin e Sebastien Buemi após a sessão de 25 minutos.

Allan McNish, Audi R18 e-tron quattro #2: “A Audi está na linha da frente de novo com ambos os carros. Estou muito satisfeito por estarmos na pole após termos falhado o Brasil por pouco. Comparando com os nossos rivais, fomos muito bons na chuva, e agora também em piso seco. O nosso carro irmão está também na luta pelo título e o ataque foi a melhor forma de defesa na qualificação de hoje.”

LMP2: G-Drive foi a mais rápida

Após o sucesso no Brasil com a conquista da pole e da vitória nas 6 Horas de São Paulo, a pole na classe LMP2 nos EUA foi uma vez mais reclamada pelo Nissan Oreca da G-Drive Racing de Mike Conway e John Martin. A sessão nem começou da melhor forma para o #26, com o motor a não querer arrancar, deixando Conway parado nas boxes durante 5 minutos, mas assim que este deu sinal de vida, o australiano rapidamente passou para o topo da lista de tempos, mantendo um bom ritmo ao longo da sessão com um tempo médio de 1:54.656, 1.010 segundos à frente do Morgan Nissan #24 da OAK Racing de  Olivier Pla e Alex Brundle. O #35 da OAK, com Bertrand Baguette e Martin Plowman, foi apenas 0.072s mais lento que os seus colegas de equipa, ficando com o 3º melhor tempo.

© Aston Martin Racing

© Aston Martin Racing

GTE Pro: Aston Martin conquista de novo a pole

Numa incrivelmente renhida e excitante sessão de qualificação, o Aston Martin Vantage #99 de Bruno Senna e Fred Makowiecki  conquistaram a pole com uma tempo médio de 2:04.628. O duo franco-brasileiro mostrou uma forma impressionante e bateu o Porsche 911 RSR #91 da Porsche AG Team Manthey, de Jörg Bergmeister e Patrick Pilet, por 0.270s. Apenas um décimo atrás do Porsche ficou o Aston Martin #98 de Pedro Lamy e Richie Stanaway. Apenas 0.7s separaram os sete carros da classe GTE Pro, que amanhã promete uma corrida tão renhida como a que se assistiu em São Paulo.

Fred Makoweicki, Aston Martin Vantage #99: “É fantástico estar na pole para a corrida de amanhã. É muito mais fácil estar na primeira linha no arranque, mas o mais importante para nós será mesmo ganhar a corrida. O Bruno e eu fizemos três poles em conjunto este ano, pelo que queremos mesmo é ganhar.”

GTE Am: 8Star Motorsports reclama pole no último momento

Na GTE Am, os Ferrari 458 Italia da 8Star Motorsports e AF Corse por pouco não deram a primeira fila da grelha à marca do Cavalino Rampante, com o #61 da AF Corse a ficar sem combustível na última volta que, até ao momento, era a mais rápida da sessão. Matteo Malucelli e Rui Águas, no #81 da 8Star, fizeram um conjunto de voltas finais que em conjunto lhes atribuiu a pole position com um tempo médio de 2:06.515. Muito perto ficou o Aston Martin Vantage #95 de Nicki Thiim e Christoffer Nygaard, com o seu tempo médio a ficar a apenas uma centésima do Ferrari laranja. Apesar dos problemas no final, Matt Griffin e Marco Cioci qualificaram o #81 da AF Corse na terceira posição.

[table “595” not found /]

Comunicado de Imprensa do FIA WEC, Audi Motorsport (McNish) e Aston Martin Racing (Makowiecki)