GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

BES / Nürburgring: Rescaldo

Azar atinge Álvaro Parente de novo: “Acabámos por ver a nossa prova condicionada logo no início!”

por Press Release, 25 de Setembro de 2014 Sem Comentários

Fonte: ComSegue

Álvaro Parente teve um dia decepcionante em Nürburgring, tendo um toque de um adversário logo nos primeiros metros de prova condicionado toda a corrida, acabando por abandonar devido a novo impacto de outro concorrente.

As condições da pista germânica estavam extremamente difíceis, com muita chuva e nevoeiro, o que obrigou a que a última prova da temporada deste ano do Blancpain Endurance Series se iniciasse com o Safety-Car em pista.

Quando a corrida começou realmente, um Bentley entrou em pião e, depois de o ter evitado, Álvaro Parente foi abalroado, o que o obrigou a regressar às boxes, onde permaneceu durante mais de meia hora. “Acabámos por ver a nossa prova condicionada logo no início! A pista estava muito difícil e, quando começámos a corrida um carro fez um pião. Eu desviei-me pela esquerda e, quando já tinha o carro direito, sofri um impacto forte no lado esquerdo de um Audi, que me partiu a suspensão dianteira/esquerda. Sabíamos que a possibilidade de conseguirmos um bom lugar se tinha esfumado”, afirmou o piloto oficial da McLaren GT.

A ART Grand Prix conseguiu recuperar o carro inglês, mas o piloto português voltou a ser vítima de um novo toque de um adversário que sentenciou definitivamente o abandono de Álvaro Parente, Grégoire Demoustier e Alex Prémat. “Quando tentava ganhar uma posição, o piloto que tentava ultrapassar reagiu como se eu não estivesse ao lado dele e impacto foi inevitável, assim como o abandono. Foi um final decpecionante para uma temporada que teve um início muito prometedor com a vitória de Monza. Foi pena, porque penso que poderíamos alcançar um bom resultado sem todas estas contrariedades”, concluiu Álvaro Parente.