Notícias | Portugueses

12H do Golfo: Rescaldo

Álvaro Parente no pódio na estreia do McLaren 650S

por Press Release, 14 de Dezembro de 2014 Sem Comentários

Fonte: ComSegue

Álvaro Parente, na companhia de Kévin Estre e Rob Bell, levou o McLaren 650S GT3 até ao pódio na sua estreia competitiva, que ocorreu hoje nas 12 Horas do Golfo, Abu Dhabi, demonstrando a competitividade da nova máquina de Woking.

Depois de ter alcançado a pole-position na qualificação de ontem, o trio da McLaren GT esteve sempre na luta pela vitória, evidenciando a rapidez do carro britânico. No entanto, a necessidade de fazer um reabastecimento a mais que os seus adversários, colocou o GT número cinquenta e nove no terceiro posto no final da primeira manga de seis horas.

Na segunda, Álvaro Parente e os seus colegas de equipa aplicaram-se a fundo e chegaram a rodar consistentemente no comando mas, uma vez mais, a necessidade de uma quinta paragem nas boxes para colocar mais combustível levou-os para o terceiro posto final, um resultado notável para um carro completamente novo.

“Foi uma corrida sempre ao ataque e penso que o terceiro lugar na estreia do McLaren 650S GT3 é um excelente resultado. Estivemos sempre na luta pelo primeiro lugar, o que demonstra bem as suas potencialidades. Foi pena termos que realizar um reabastecimento extra em cada uma das mangas, mas ir ao pódio foi uma excelente recompensa por todo o esforço da equipa”, salientou o piloto oficial da McLaren GT.

A subida ao pódio do novo carro da marca de Woking demonstra o seu potencial e, muito embora admita que existe ainda algum trabalho pela frente, Álvaro Parente demonstra-se entusiasmado com as capacidades do McLaren 650S GT3. “Esta prova era mais uma sessão de testes para nós, muito embora tenhamos levado a corrida muito a sério e estivéssemos em pista para obter o melhor resultado possível. O carro tem um comportamento notável e é uma clara evolução face ao seu predecessor – o MP4-12C. Temos ainda alguns aspectos a melhorar, mas estou confiante de que o 650S será muito competitivo ao longo da próxima temporada”, concluiu o português.