GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

GT Open / Barcelona: Corrida 1

Álvaro Parente demonstra andamento arrebatador

por Press Release, 9 de Novembro de 2013 Sem Comentários

Fonte: ComSegue

Fonte: ComSegue

Álvaro Parente protagonizou esta tarde em Barcelona uma prestação notável, levando o McLaren #65 da Bhai Tech Racing até ao nono posto da classe GTS na primeira corrida do programa deste fim-de-semana do International GT Open, depois de um início de prova que viu o carro da formação italiana cair para o último posto.

A primeira volta da corrida deste sábado não correu da melhor forma à dupla luso-transalpina, tendo Giorgio Pantano completado a primeira volta no último lugar, depois de ter alinhado na décima primeira posição da grelha de partida.

O italiano, que está na luta pelo título da classe, recuperou até à vigésima segunda posição, tendo o McLaren MP4-12C subido até ao décimo nono posto durante a troca de pilotos, mas foi com Álvaro Parente ao volante do GT britânico que se assistiu a mais uma prestação superlativa.

Com um ritmo avassalador, demonstrando-se regularmente como o mais rápido em pista, o português foi galgando lugares, cruzando a linha de meta na décima primeira posição (nona da classe GTS), encostado aos escapes do décimo classificado.

“O Início da corrida não foi muito benéfico para nós, dado que o Giorgio sofreu um toque quando estavam três carros lado a lado que o obrigou a sair de pista, caindo para o último lugar. A nossa prova ficou comprometida e tivemos que dar o nosso máximo para recuperar. Fiz um bom turno de condução, sempre muito rápido, e consegui levar o McLaren até o nono posto da classe GTS (décimo primeiro da geral). Penso que, sem os problemas do início, poderíamos lutar pelos lugares do pódio”, sublinhou o piloto oficial da McLaren GT.

Para a corrida de amanhã, Álvaro Parente alinhará no sétimo lugar da grelha de partida (o quarto mais rápido entre os GTS), o que o deixa optimista quanto à obtenção de um bom resultado. “Vamos ver como corre a prova de domingo. Arrancamos do sétimo posto, sou eu que faço o primeiro stint, e será importante evitar os toques dos primeiros metros de corrida. Acredito que, sem incidentes, poderemos lutar pelas posições cimeiras e conquistar um bom resultado que permita ao Giorgio e à equipa conquistar os títulos pelos quais estão a lutar”, afirmou motivado o português.

A corrida de amanhã terá o seu início às 11h00, hora de Lisboa, tendo a duração de cinquenta minutos e pode ser seguida em directo através do canal televisivo Motors TV e do website oficial do campeonato: GTOpen.net.

Comunicado de Imprensa do piloto Álvaro Parente