GT / Protótipos | Notícias | Portugueses

24H Nürburgring: Corrida

Álvaro Parente: “Gostei muito do Nordschleife, tem um traçado muito selectivo em que os bons pilotos fazem a diferença”

por Press Release, 23 de Junho de 2014 Sem Comentários

Fonte: ComSegue

A estreia de Álvaro Parente nas 24 Horas de Nurburgring não teve o desfecho que ele esperava, mas o piloto da McLaren GT admite ter gostado da experiência que protagonizou no dantesco Nordschleife.

O carro que o português dividiu com Rudi Adams, Sebastian Asch e Arno Klassen arrancou da décima oitava posição, mas rapidamente foi ganhando lugares nos momentos iniciais da prova até que, com cerca de duas horas cumpridas, um problema no fly-by-wire do acelerador do carro britânico obrigou a Dörr Motorsport a realizar uma extensa intervenção, regressando à pista com catorze voltas de atraso.

Foi então que Álvaro Parente realizou o seu primeiro turno de pilotagem da corrida realizada no exigente traçado germânico, tendo evidenciado um ritmo muito forte. Porém, quando iniciava o seu segundo stint, cerca das quatro da manhã, GT inglês ficou sem pressão no óleo do motor, sendo o abandono inevitável. “O carro estava muito competitivo e conseguíamos ser rápidos, o que nos permitiu recuperar posições no início da prova. Porém, começámos a ter problemas cedo e isso atrasou-nos irremediavelmente. Voltámos à pista e tive a oportunidade de fazer um turno muito rápido, mas de madrugada tivemos um problema terminal e fomos obrigados a desistir”, afirmou o português.

Apesar do abandono, Álvaro Parente demonstra-se satisfeito com a nova experiência que protagonizou em Nurburgring, sublinhando a exigência do traçado alemão. “É evidente que, quando inicio uma corrida é com o objectivo de alcançar um bom resultado e vencer. Mas por vezes as corridas são assim e não há muito que possamos fazer. Gostei muito do circuito, tem um traçado muito selectivo em que os bons pilotos fazem a diferença. Adaptei-me bem à pista e, muito embora tenha uma extensão elevada e muitos segredos, consegui realizar bons tempos, evidenciando um ritmo muito competitivo. Só foi pena ter tido pouco tempo de pista, mas espero voltar e alterar essa situação”, concluiu o piloto oficial da McLaren GT.

Álvaro Parente regressa à competição já no próximo fim-de-semana, desta feita para continuar a sua participação no Blancpain Endurance Series, que terá a sua terceira etapa da temporada em Paul Ricard